sexta-feira, 26 de abril de 2013

Vereador PSDB quer acabar com barulho de som alto nas ruas de Cajati

Por Chico Pimentaão
A lei do silencio que nunca funcionou corretamente até pela sua falta de esclarecimento a população explicando o que pode e que não pode resumindo criar mais uma lei não é difícil todos sabem principalmente como a lei do silencio já existente difícil é esclarecer seu funcionamento pelo menos nos municípios onde as autoridades municipais tentaram levar a serio essa ideia que é  possível combater o barulho de som e gritaria nas ruas da cidade e punir os infratores os infratores,ideia nunca funcionou na maioria dos município onde a lei existe.Em Cajati o vereador Sidnei Vulgo Bico,encaminhou requerimento ao chefe do executivo municipal pedindo que essa lei seja implementada no município de Cajati.A ideia parece me não ter agradado a população  amante do barulho mas de outro lado agradou quem gosta de silencio,porem a lei do silencio que não funciona de modo satisifatorio em cidade nenhum acho difícil funcionar também aqui em Cajati ate porque coisa muito mais seria que isso não vem funcionando que é a verdadeira bagunça que costumamos ver ao longo da Avenida Fernando Costa, nos fins de semana em Cajati e ninguém fala nada e coloca ordem.Para algumas pessoas que ouvimos nas ruas. acreditam que não funciona essa lei principalmente aqui em Cajati que se tornou-se a cidade de mais barulho do Vale do Ribeira, de som  nas ruas.A mal exemplo vem da Propriá prefeitura que faz som de anuncio de publicidade que devia fazer nos jornais e rádios e sites, numa altura exagerada alem de outras empresas de divulgações sonoras que fazem barulhos diariamente nas ruas sem  sem falar dos vendedores que também usam carros de som todos os dias e as lojas também e a fiscalização tem feito oque para que isso não aconteça.Não sera a chamada lei do silencio já ao meu ver sem credito que irá resolver mas sim a competência dos atuais governos do município Agora sim poderá ser resolvido se levar a serio como dando o exemplo que aconteceu em Teresina mas pra isso precisa ter competência.A delegacia do Silêncio notificou 15 empresas localizadas no Centro de Teresina, e apreendeu seus respectivos aparelhos sonoros de publicidade. Segundo os policiais, as lojas, que utilizavam veículos para fazer suas propagandas, estavam excedendo o limite de decibéis permitido.A apreensão ocorreu na Rua Simplício Mendes e segundo o delegado responsável, Evaldo Farias, as denúncias da população afirmavam que os aparelhos estariam incomodando por conta do excesso de barulho. Evaldo disse ainda que, a Delegacia do Silêncio se reuniu para discutir sobre o assunto na semana passada, com o Ministério Público, além do PROCON e Secretaria do Meio Ambiente.“Primeiramente nós recebemos a denúncia, depois nos reunimos e decidimos que íamos realizar essa operação. Desde às 9h de hoje estivemos aqui no Centro da cidade com um decibelímetro [medidor de nível de pressão sonora], e constatamos que muitos dos veículos estavam passando de 90, 100 decibéis, sendo que o permitido é apenas 85”, disse o delegado.De acordo com Evaldo Farias, as empresas não possuem o alvará da Prefeitura para utilizar os aparelhos de propaganda. “O certo seria colocar as caixas de som no fundo do próprio estabelecimento e não colocar na rua para incomodar a população”, disse.Os aparelhos apreendidos serão levados para a Delegacia de Silêncio, já as empresas serão notificadas por perturbação da ordem pública e por infração da lei do silêncio. Além disso, os proprietários pagarão uma multa no valor de R$ 4 mil a R$ 4 milhões, que irá depender da quantidade de decibéis excedido.Se as autoridades municipais de Cajati levar seria a lei do silencio como e aplicar nos infratores principalmente do centro da cidade que o barulho é grande vão ter dor de cabeça e muito trabalho o que acho difícil acontecer aqui em Cajati.Caso a câmara municipal aprove a lei terá que ser bem estudada  nos mínimos detalhes para que a burocracia e as brechas na legislação não os entraves para o registro de ocorrências e atuações dos infratores,o que tem impedido ate hoje o funcionamento da lei na maioria das cidade.e aqui não será diferente eu só quero ver.Ate a próxima




Postar um comentário